O laudo para Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA), conforme já publicamos aqui no blog da Watt SP, é um procedimento essencial para toda e qualquer empresa, uma vez que este relatório analisa as condições do sistema de proteção contra as descargas atmosféricas.

Logo, o laudo SPDA tem relação com aterramento, que evita curtos circuitos e protege o imóvel de descargas elétricas ocasionadas pela natureza, protegendo o ambiente, as pessoas e, não menos importante, todos os utensílios e produtos que necessitam da energia elétrica para o seu funcionamento.

O Brasil é um dos países que registra a maior incidência de raios no mundo, com mais de 75 milhões de descargas anualmente. Um levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) mostra que existe uma relação entre as emissões de gases do efeito estufa (assista ao vídeo).

Segundo as estatísticas, pelo menos 300 brasileiros são atingidos por raios todos os anos, com um em cada três acidentes sendo fatal. Entre 2000 e 2019, foram 110 mortes por ano em média, com o total de 2.194 óbitos no período.

O que mais espanta, nisso tudo, é que de fato o Brasil é o país onde mais caem raios em todo o mundo. Para quem acha que um relâmpago não cai duas vezes em um mesmo local, engana-se redondamente.

O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, considerado um dos principais símbolos de nossa cultura e nação, é atingido 6 vezes ao ano, em média. As descargas também caem em imóveis, repetidas vezes e, infelizmente, em pessoas.

Portanto, para que uma empresa esteja dentro do padrão de segurança exigido e proteja seus residentes ou funcionários, ela precisa de um laudo SPDA. Este documento deve ser realizado de modo adequado, por uma empresa de energia especializada neste tipo de trabalho.

Neste post, falaremos sobre a validade do laudo SPDA e como uma empresa séria de energia pode disponibilizar um para o seu imóvel ou indústria.

 

A validade do laudo SPDA: por que é importante?

O laudo SPDA possui especificações e normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), mais especificamente o documento NBR 5419/2015. A empresa deve manter este relatório sempre atualizado, de modo que atenda de maneira segura o controle de riscos.

Sendo assim, o laudo SPDA tem validade de 01 a 03 anos. No caso do setor industrial, esse laudo deve ser atualizado sempre a cada 3 anos, porém em outras a atualização deve ocorrer a cada 12 meses.

Veja abaixo algumas das situações em que o laudo SPDA precisa ser atualizado anualmente.

 

Região  geográfica  do imóvel e  a  localização  da  edificação  no  site industrial

Neste caso específico, a norma diz respeito às regiões litorâneas. Lá, pode ocorrer corrosão nos materiais construtivos do SPDA.

Além disso, com o tempo a deterioração desses materiais podem levar a uma queda na eficiência e/ou capacidade do sistema em captar e escoar a descarga atmosférica ao solo.

 

Finalidade do imóvel

Caso o imóvel pertença a “fornecedores de serviços considerados essenciais ao

público”, como empresas de energia,  água, comunicação, entre outros, entende-se que se estas edificações forem atingidas por descargas elétricas, haverá a interrupção no fornecimento dos serviços prestados.

Porém, a norma não se limita a estes imóveis, uma vez que as salas de controle operacional também podem causar interrupção, mesmo estando longe dos centros operacionais.

Já no setor industrial, se enquadram as subestações de energia e edificações de saneamento básico para a atualização anual do laudo SPDA.

 

Tipo de material usado na edificaçã

Neste ponto, a norma da ABNT não se faz muito clara. Ao citar apenas “estruturas contento munição ou explosivos”, pode-se entender que trata apenas de prédios industriais de fabricação e armazenamento de armas explosivas e/ou fogos de artifício.

Entretanto, existem edificações de distintos segmentos industriais cujos produtos armazenados podem causar explosões. Para tanto, o laudo SDPA deve ser atualizado e efetuado anualmente.

O  documento  responsável  em determinar  se alguma edificação é definida como Atmosfera Explosiva é o Estudo de Áreas Classificadas.

Inspeções e laudos esporádicos

Além das atualizações anuais do SDPA, torna-se necessário a sua revisão periódica nas seguintes ocasiões:

  • Após a conclusão da instalação do SPDA
  • Quando houver alteração ou reforma no SPDA
  • Quando houver evento de descarga atmosférica

Para isso, julga-se necessário a contratação de uma empresa de energia especializada neste tipo de serviço, como é o caso da Watt SP Engenharia.

 

Laudo de SPDA com a Watt Engenharia

A Watt-SP é uma empresa de energia especializada em laudos SPDA e serviços de aterramento. Realizamos uma vistoria no local, para analisar se o SPDA está de acordo com as normas e ainda elaboramos um relatório ilustrado com fotos.

Realizamos as devidas orientações de mudanças para a adequação do SPDA com as normas. O serviço é realizado por uma equipe de profissionais capacitados e credenciados, garantindo a eficácia da execução e do serviço prestado.

Para saber mais sobre os nossos serviços em SPDA, entre em contato conosco hoje mesmo e solicite um orçamento.

Ligue para (11) 2082-2355 ou clique aqui e entre em contato por email.


Os comentários estão desativados.