O óleo mineral isolante é um produto utilizado no setor elétrico que viabiliza o funcionamento correto de transformadores. Trata-se de uma solução de altíssimo padrão, derivada do petróleo, que garante excelentes propriedades físicas e elétricas ao ser utilizado nestes equipamentos.

Além disso, o óleo mineral isolante mantém a refrigeração do transformador, atuando também como meio para troca de calor (parte ativa vs. meio ambiente). Não somente, este insumo é fundamental para garantir qualidade e segurança de aplicação da solução no dia a dia, por grandes períodos.

Grandes sistemas de geração e distribuição de energia são responsáveis por manter o funcionamento de boa parte de um processo de produção industrial. Os equipamentos desse tipo de sistema precisam, frequentemente, de atenção e cuidados para que mantenham um bom desempenho.

O uso de óleo mineral isolante é um bom exemplo desse tipo de cuidados que são necessários para a manutenção preventiva desses produtos.

Vale lembrar também que o óleo mineral isolante oferece baixo fator de potência para o equipamento, além de melhor estabilidade e resistência à oxidação. Isso acontece porque é um material isento de corrosão por enxofre.

A aplicação do óleo mineral isolante deve ser realizada somente por profissionais capacitados para este tipo de serviço, que está dentro da gestão de energia elétrica. Devem também possuir os conhecimentos apropriados sobre cada tipo de equipamento, a fim que se evitem problemas no funcionamento de todo o sistema devido a aplicação inadequada do produto.

Por isso, é importante que se contrate uma empresa capacitada e consagrada dentro do mercado de energia elétrica, como é o caso da Watt SP Engenharia Elétrica. Temos todo o know-how em óleo mineral isolante, oferecendo serviços de aplicação, análise e filtragem para transformadores e demais equipamentos que utilizam este insumo.

Veja mais neste artigo que preparamos para você.

 

Óleo mineral isolante: os serviços prestados

Um dos serviços prestados pela Watt SP Engenharia Elétrica é a filtragem de óleo mineral isolante. Trata-se de um processo que tem sido cada vez mais requisitado por empresas que utilizam cabines primárias, além de subestações de transmissão ou conversão de energia.

O processo de filtragem de óleo mineral isolante consiste na passagem do insumo através de um sistema de filtros de fibra de celulose e resina fenólica. Este sistema proporciona um óleo limpo e puro, isento de sólidos.

Depois, passa por um sistema de aquecimento direto ou indireto com controle automático de temperatura.

Após estas duas etapas, o óleo mineral é encaminhado para uma câmara que, sob vácuo, arrasta os gases dissolvidos, bem como os vapores de água contidos no óleo mineral, para a atmosfera.

Já na análise do óleo mineral isolante, a empresa responsável levará em consideração a natureza do óleo. De modo geral, os óleos isolantes para esse tipo de função são minerais, de natureza parafínica ou naftênica. Estes são aplicados em quase todas as situações, exceto quando há a necessidade de um fluido especial para garantir maior segurança.

No intuito de descobrir possíveis problemas e determinar as condições de cada equipamento elétrico, a análise de óleo mineral isolante pode ser realizada de diversas formas, por meio de métodos específicos. Com isso, descobre-se a quantidade de gases envolvidos, estado de envelhecimento, o teor de água, a acidez e a presença de elementos contaminantes.

 

Quais são os principais óleos minerais isolantes no mercado?

Confira abaixo uma lista com os principais óleos minerais isolantes disponíveis e utilizados no mercado.

  • Rasvolt 58N – Óleo especial para transformador naftênico;
  • Brasvolt P – Especial para transformador parafínico;
  • Lubrax AV 60 IN – Óleo mineral isolante para equipamentos elétricos, recomendado para uso em transformadores, reatores, disjuntores e equipamentos de manobra operando sob qualquer classe de tensão;
  • Lubrax AV 64 IN – Óleo mineral isolante para equipamentos elétricos, recomendado para uso em transformadores, reatores, disjuntores e equipamentos de manobra operando sob qualquer classe de tensão;
  • Lubrax AV 66 IN – Óleo mineral isolante inibido com característica de gassing negativo (ASTM D2300B), para uso em transformadores de todas as classes de tensão;
  • Lubrax OB (9, 10, 19, 25, 29, 54, 87, 100, 118, 440, 1000) – Óleos básicos minerais puros indicados para a formulação de lubrificantes acabados e utilização em processos físico-químicos em geral;
  • Luc TR-1 – indicado como óleo isolante para reatores de potência, capacitores de alta tensão, chaves, comutadores e transformadores de 5 a 1250 KVA (60 KV) atendendo as normas ICE 60296 e ASTM D3487;
  • Luc TR-2, indicado como óleo isolante para reatores de potência, capacitores de alta tensão, chaves, comutadores e transformadores que atingem de 5 a 900 KVA (40KV), atendendo as normas ICE 60296 e ASTM D3487;
  • Repsol Tension Centauro – Óleo não inibido de natureza naftênica especialmente recomendado para uma utilização como fluido isolante em equipamentos elétrico;
  • Repsol Electra 3 – Óleo ligeiro especialmente recomendado para a utilização como fluído isolante em equipamentos elétricos;
  • Repsol Tension Centauro X – Óleo ligeiro especialmente recomendado para a utilização como fluido isolante em equipamentos elétricos;
  • Repsol Electra 3X – Óleo ligeiro especialmente recomendado para a utilização como fluído isolante equipamentos elétricos;
  • Dielectro A1 – Óleo mineral naftênico derivado de petróleo, cuja elevada característica natural dielétrica o credencia como o meio isolante mais adequado aos sistemas elétricos, interruptores, eletroímãs e transformadores, cujas operações são feitas em banho de óleo;
  • Dielectro B1 – Trata-se de um óleo mineral parafínico derivado do Petróleo, que possui como característica natural uma elevada constante dielétrica;
  • Ipivolt Sce é um produto altamente refinado e aditivado de alta estabilidade, usado como óleo isolante para transformadores e chaves elétricas de alta tensão empregados em Empresas de Geração e de Distribuição de energia elétrica;
  • Tutela DPH (OM500-2A-FL) é um óleo de base naftênica (tipo A) de alta qualidade produzido por processo de refino de alta qualidade que garante baixíssimos teores de umidade e retirada de particulados que podem transmitir corrente;
  • Tutela DPH (OM500-2A-FL) possui propriedades que lhe garante baixa viscosidade; alto poder dielétrico; alto ponto de fulgor; alta resistência à oxidação; ausência de formação de borra; livre de ácidos, álcalis e enxofre corrosivo; baixo ponto de fluidez; não atacando os materiais usados nos transformadores;
  • Tirreno 5090 – Fluido isolante com alta rigidez dielétrica possui baixa taxa de evaporação e alto ponto de fulgor. Indicado para operações de eletroerosão.

 

Serviços com óleo mineral isolante com a Watt SP

A WATT-SP ENGENHARIA ELÉTRICA é reconhecida por sua competência e comprometimento em oferecer sempre as melhores soluções em engenharia elétrica do mercado.

Com profissionais qualificados, registrados junto ao CREA-SP, a WATT-SP ENGENHARIA ELÉTRICA atende todas as regiões do estado de São Paulo com objetivo de atender todos os clientes com prontidão e eficiência.

Se interessou? Entre em contato agora mesmo e solicite um orçamento.

Ligue para (11) 2082-2355 ou clique aqui e entre em contato por email.


Os comentários estão desativados.